Belas e feras

outubro 21, 2016

Inaugurando a tag Indicações, vou falar, com uma nova perspectiva, sobre o clássico dos clássicos da Disney: A Bela e a Fera

A trama gira em torno do príncipe soberbo que por não saber amar, é guiado por sua arrogância e sua fissura visual, sendo assim, transformado em uma fera, como castigo, em consequência de suas más ações. Para voltar a sua forma humana ele precisa amar e ser amado. 
Olhando para a realidade do príncipe, agora Fera, e considerando que amar não é singular, fica óbvio que, para quebrar o feitiço, é essencial a presença de outras pessoas, em especial, a presença de Bela.

Quando assistimos ao filme pela primeira vez, assimilamos logo a lição sobre o amor verdadeiro, um amor que não leva em consideração as aparências. Entretanto, hoje eu quero ir além.

Reflexões sobre o filme.


Alguém se lembra da rosa do filme? Ela é o "X" de nossa reflexão. A rosa é como uma ampulheta que marca o tempo para quebrar o feitiço da Fera. Cada pétala caída é uma chance de voltar a ser humano que se perdeu.
Deparando-me com este fato, é inevitável não assumir que também temos essa rosa, mesmo que imaginária. Nossas rosas marcam o tempo de quebrar os nossos feitiços, que nos privam da felicidade. 

No caso do filme, já sabemos que o feitiço é ser uma fera presa a incapacidade de amar além das aparências. E nós? A que estamos presos? O que nos escraviza? O que nos descaracteriza humanamente? É o orgulho? A falta de perdão? As mágoas e os ressentimentos? A soberba e a inveja? Mentiras, falácias e desculpas? Vaidade desenfreada? É o medo e a insegurança? É o nosso conceito equivocado de liberdade? Os preconceitos?

Assim, somos como feras vivendo em cascas, formadas por tudo aquilo que nos aprisiona, lícita ou ilicitamente. Tais prisões estas, que nos fecham a diversas coisas, como o simples fato de amar, ver além das aparências também, ter um relacionamento saudável com as pessoas, falar em público, viver em paz, respeitar as diversidades, ter coragem de se posicionar, fazer o bem a quem precisa, correr riscos com maturidade, falar a verdade, perdoar, e etc.

Ficamos tão focados no material e no concreto, que nos esquecemos das barreiras invisíveis e abstratas. Devemos então nos perguntar "Ah, mas o que é mais importante?” e ter a plena convicção de que o mais importante é o que nos torna verdadeiramente livres.

Enquanto vivemos, as nossas rosas continuam nos cronometrando. Cada dia que se finda é uma pétala de nossas rosas que cai. Cada dia perdido é uma chance de “quebrar nossos feitiços” que se foi. É duro, mas a rosa não espera, o tempo não espera. Só temos o hoje. O ontem já foi, o amanhã não sabemos se virá.

É importante ressaltar também, que antes mesmo de ser transformado em fera, o príncipe já tinha um mau comportamento. Fiquei a pensar: Como será que foi sua educação? Sua classe social influenciou na sua forma de ser? O ambiente foi propício para que ele desenvolvesse a soberba? Seus pais deram a atenção que ele precisava? 
Nos deparamos no início do filme com um príncipe já formado, sem muitas explicações sobre o seu passado. Talvez ele nunca tenha aprendido a ser e viver de outra maneira. Cego de si mesmo, foi necessário que Bela o ensinasse a ser diferente. 

Não somos nós, também, cegos de nossas próprias realidades? Nos conhecemos tão pouco, e estamos tão acostumados com nós mesmos que se quer notamos nossas prisões. Sim, somos cegos, e pior, orgulhosos. Sozinho, Fera jamais conseguiria se libertar. Ele foi ajudado pelos membros do castelo, e principalmente por Bela, que era toda bondade e disposição. Juntos quebraram o feitiço, antes que a última pétala de rosa caísse.

Queremos ser diferentes? Queremos ser felizes? Queremos ser livres? Encontremos então O alguém que pode nos ajudar. Encontremos nossa Bela, pois sozinhos, continuaremos a ser Fera.  

E que sejamos breve, pois a rosa continua a não nos esperar. O tempo não para.

______________________________________________________________
Créditos de texto e imagem à Juliana Wulpi, autora deste blog. Lembre-se, plágio é crime.

Gostou? Quer opinar? Deixe seu comentário! 

Leia também

22 comentários

  1. "Ficamos tão focados no material e no concreto, que nos esquecemos das barreiras invisíveis e abstratas."
    Nunca pensei que um simples desenho pudesse significar tantas coisas. É ótimo começar minha noite me sentindo tão inspirada!
    Um beijo de marshmellow,da sua unicórnia favorita <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo pode significar muito! Basta a gente querer.
      Minha unicórnia linda <3

      Excluir
  2. "Encontremos nossa Bela, pois sozinhos, continuaremos a ser Fera."
    Só queria dizer que quero tatuar isso na testa pra ver se ajudando a espalhar a ideia as pessoas ajudam a mudar o mundo pra melhor, estamos cheios de Feras e com pouca gente que queira uma Bela ou mesmo ser uma. Nos prendemos dentro de nossas próprias barreiras abstratas e não nos permitimos quebrá-las ou ajudar a tirar os outros de dentro das próprias prisões. Ai esse texto <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você já é uma Bela! Kk
      Bora tatuar na testa pra ver se dá jeito no mundo.

      Excluir
  3. EU QUERO imprimir esse texto e colar na minha cara, tem como ??? Adorei o texto , maravilhoso, parabéns e sucesso

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Eu amo o seu blog e tudo o que você escreve. Você tem o dom e você toca as pessoas!
    Infelizmente é uma dura realidade estarmos sempre preocupados com coisas materiais e que no final das contas não perduram e nos esquecermos de enxergar a beleza e a alegria nas coisas mais simples. E fazer isso tudo junto a alguém é melhor ainda!
    Amei seu texto, novamente! Parabéns!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ouwwwm, que bom saber dessas coisas! Fico muito feliz e muito inspirada a continuar. Obrigada pelo carinho <3

      Excluir
  5. Você sempre arrasa, não tem como não gostar das suas escritas. Já me encantei pelo post pois amo "adaptações" e "disney", me fez parar para pensar um pouco! Todos nós precisamos parar um pouco, e pensar no interior. No que é belo dentro de nós. Antes que seja tarde para isso e não exista mais flor.
    Um beijo e muito sucesso.
    Esteticando-se

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada lindona! Muito feliz com o carinhos. Bjãoo

      Excluir
  6. Caramba, a muito tempo não leio um texto tão bem escrito e reflexivo, eu amo a história da Bela e a Fera, mas confesso que não tinha parado para pensar além da proposta inicial do filme, não parei para pensar em mim nesse contexto, agora que você falou vejo em mim varias coisas que fazem uma fera e agradeço pela minha Bela "meu marido" me ajudar a ser melhor a cada dia.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo!! Ainda bem que você achou o seu "Belo". Todos nós temos um pouco de Fera mesmo.

      Excluir
  7. Nossa que texto maravilhoso! Muito reflexivo e suuuuper bem escrito <3 Adorei todo esse envolvimento com a gente na história da Bela e a Fera, wow
    Beijão

    Quero ser Miranda

    ResponderExcluir
  8. Não sei se foi comigo... mas caiu uma lágrima aqui kkkk hoje mesmo eu estava pensando se eu era materialista ou não, sei texto me ajudou e vai me ajudar muito porque vou continuar lendo ele sempre que precisar ! Que me sentir em dúvidas.

    Parabéns, somente isso, parabéns porque eu nunca tinha analizado assim esses filme.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ouwwnnn! Essas reflexões às vezes doem mas são necessárias. Leia sempre mesmo que quiser! Vai ficar aqui à disposição <3

      Excluir
  9. Nossa que linda resenha recheada de reflexões, adoro textos assim que mechem com as emoções, que nos faz parar para pensar e analisar um pouco mais algo sobre nossa vida, sobre nossos atos, por mais blogs assim que nem o seu amei demais o seu conteúdo, que você tenha sempre muito sucesso!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Val!
      Pensar nos faz ser mais humanos <3

      Excluir
  10. OLA BOA TARDE , TUDO BEM? AMEI CADA PALAVRA DO TEXTO, É MUITO LINDO E REALMENTE AO LER ACHEI QUE FOSSE ESCRITO PRA MIM KKK MUITO BEM COLOCADO,AMEI ,BJS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Fátima! Fico feliz que tenha gostado. Seja sempre bem-vinda aqui no meu cantinho <3

      Excluir
  11. Adorei a reflexão!
    Em meio a tantas críticas e resenhas do filme, finalmente algo que me fez refletir (apascentar, agora sei rs), embora eu ainda não tenha chegado a uma conclusão. A minha rosa está perdendo as pétalas, disso eu tenho certeza, mas não sei se estou pronta pra me libertar desse "modo de ser Fera" :/

    Duas Leitoras - no Top Comentarista de Março você pode escolher entre 4 livros!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se dê uma chance Kemmy, se libertar do "modo Fera" é beber de uma felicidade muito sincera.

      E tá aprendendo as manhas de apascentar ein? haha adorando suas visitas aqui <3

      Excluir

Curta a fanpage

Seguidores