Desesperar-se é perder as esperanças

outubro 11, 2016

Tempo chuvoso, nublado e uma reunião bem longe da minha cidade. Eu teria que fazer uma viagem de aproximadamente uma hora e meia até chegar ao local. 

O despertador tocou e eu não ouvi. Acordei no susto com o barulho da chuva.

Desespero não

Ao olhar o relógio, perdi minha paz e uma onda de estresse e pessimismo tomou conta de mim. Xinguei mentalmente. Eu estava MUITO atrasada. Faltava pouco mais de meia hora para o início da reunião. 

Eu que nunca abro mão de começar o dia com uma bela oração e um bom café da manhã, tive que me arrumar em 10 minutos. Não fiz minhas orações e nem tomei café. Furiosa e amarga  descontei minha raiva em duras palavras na primeira pessoa que passou em minha frente. Era uma pessoa pela qual nutro profundo amor.

Na afobação mesmo, saí de casa com uma nuvem negra sobre mim. Não quis olhar pra ninguém. Não desejei bom dia, não sorri e nem se quer fui gentil. Respondi malcriadamente a mais algumas pessoas no meio do caminho e fui ríspida com outras. Só queria chegar o menos atrasada possível na reunião. Fazer a diferença pra alguém? Naquele momento não. Eu estava pensando apenas, e exclusivamente, em mim.

Cheguei no ponto e antes que eu piscasse passou o ônibus. Tinha um lugar vazio. Ingratamente, sentei e pensei: "Pelo menos isso"
Incrivelmente, durante todo o percurso, não peguei trânsito. Com meia hora de atraso eu estava no local da reunião. Corri para a sala, e a pessoa responsável pelo encontro não havia chegado. Respirei, tomei um café e aguardei. Por fim, a reunião aconteceu de forma tranquila. Deu tudo certo.

Mas foi então que eu caí em mim... Fui grossa, egoísta e ingrata. Machuquei pessoas que eu não conhecia, e pessoas que eu amava. Deixei de ser canal de paz e destilei descontentamento. Tudo porque eu estava pensando em mim e na minha reunião. 

Como de costume, fiquei a refletir. Quantas "reuniões" têm cegado e impedido as pessoas de olharem ao redor? Quantas "reuniões" têm sido motivos de brigas, mágoas e divisões? Quantas "reuniões" tem feito pessoas chorarem pela frieza e pelo egoísmo? 

Sabe, hoje eu errei e meu erro começou no meu desespero. Quem se desespera é porque perdeu as esperanças. Naquele instante eu realmente achei que não ia dar tempo, e esqueci que no final tudo dá certo, de uma forma ou de outra.

Perder as esperanças significa perder a razão. Eu perdi a razão e quando perdi a razão me faltou o equilíbrio. Agredi com palavras, feri sentimentos e boas ações. Neste ponto todo cuidado é pouco, pois sem equilíbrio nos perdemos. Nos perdendo, podemos perder o outro. E quem é o outro? Pode ser a pessoa mais importante da nossa vida.

Será que vale a pena perder a pessoa mais importante da vida por uma "reunião"?

Eu reconheci minha falha e com toda sinceridade pedi desculpas, mas é complicado, porque palavras não são apagadas num pedido de desculpas, por mais nobre e sincero que ele seja. 

Todo zelo é pouco. Quando machucamos alguém que amamos, mesmo sem querer, um pouco de nós também fica machucado. O dia perde a graça. 

É... O tempo já estava nublado, eu não precisava "fechar" o meu dia também. Só o tempo fechado era o suficiente.
______________________________________________________________


Post escrito por Juliana Wulpi, autora deste blog.

Gostou? Quer opinar? Deixe seu comentário!

Leia também

26 comentários

  1. O desespero, por vezes, acaba nos tornando egoístas! Não gosto disso, é algo que venho tentando trabalhar em mim,porém as vezes acaba sendo difícil! Adorei seu texto, beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos temos que melhor nesse aspecto né? Bjinho

      Excluir
  2. Que texto maravilhoso!
    Realmente muitas vezes não paramos para aproveitar cada momento de nossa vida.
    E a pressa? é a pior inimiga.
    Palavras ditas não são deletadas, ao contrário do computador onde temos a opção Deletar.
    Infelizmente hoje em dia as "reuniões" tem se tornado prioridade na vida de muitas pessoas.
    Parabéns pelo excelente texto.
    Te desejo muito sucesso e já me inscrevi para te acompanhar!
    Beijinhuss

    www.literaturaa3.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem isso! É como o velho ditado: "a pressa é inimiga da perfeição".

      Excluir
  3. Que texto mais lindo, confesso que muitas veces que eu estou atrasada pra algum compromisso eu sou assim, mesmo sem querer eu sou grossa até mesmo com o meu namorado e isso é muito ruim.

    Teu texto me fez refletir. Parabens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não citei o nome, mas nesse dia fui bem grossa com meu namorado, e ele ainda tentando me ajudar para que eu chegasse no horário :/

      Excluir
  4. Adorei o texto, muitas vezes ficamos pensando e sofrendo com algumas atitude que já fizemos e já passou. Precisamos seguir em frente e aprender com os erros. Pois a pressa, ansiedade são apenas nossos inimigos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Sthefani! O que passou não temos mais como reparar, o que importa são as nossas próximas atitudes, aprendendo nos erros!

      Excluir
  5. Oie. Tudo bem?
    Eu gostei muito do teu texto. O desespero não é algo legal. Porque quando vem o desespero, vem a duvida, a falta de esperanças.. Temos que enfrentar as coisas com fé.

    ResponderExcluir
  6. Em momentos em desespero, acabamos descontando nossa raiva e frustração naquele que menos merece - ou, na maioria das vezes, até mesmo em quem nunca sequer vimos.
    O jeito é respirar fundo, assumir nossos erros e fazer o possível para nos redimir-nos ( é o mínimo que podemos fazer).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí Larissa. Respirar fundo e seguir em frente.

      Excluir
  7. Curti bastante seu texto! Você escreve muito bem, as vezes somos tomados pelo desespero e realmente isso não é bom, na verdade é péssimo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá Ju,
    É muito difícil manter-se feliz e contente quando tudo parece conspirar contra nós. Mas, temos sempre que respirar fundo e não deixar que isso abale nosso dia.
    A respeito do seu texto, eu amei! Você tem uma escrita muito leve e que me encantou logo de cara.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vi! Fico feliz em saber que gostou da minha escrita. Não sei se comentei no seu post, mas gostei muito da sua escrita também.

      E realmente é muito difícil nos mantermos bem quando tudo vai contra nós :/

      Excluir
  9. Gostei uito do seu texto e me identifiquei com ele, parece que quando estamos desesperados a lei de Murphy surge e começa dar TUDO errado. Mas devemos respirar e continuar a jornada com fé

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Engraçado que eu ia citar Lei de Murphy no texto! Kkk bem isso mesmo

      Excluir
  10. Oie, tudo bem? Que texto mais incrível. Cada frase é bem profunda e nos faz pensar em algumas situações de nossas vidas. Sempre me ensinaram que mesmo que esteja chovendo o sol precisa estar dentro de nós. Cuidar das pessoas ao nosso lado é o mínimo que podemos fazer. Ótimo post! Beijos, Érika *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O sol trás a esperança mesmo nos dias nublados! Bem verdade isso. Obrigada pelo carinho. Bjoos

      Excluir
  11. Que texto maravilho! Confesso que me identifiquei um pouco. Na maioria das vezes sou assim, meio "explosiva", com todos ao meu redor.

    Beijos,
    http://lipstickandpolaroids.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra quem é explosivo nessas horas de pressão, só Jesus na causa. É tenso.

      Excluir
  12. Amei o texto e adorei seu jeito de escrever. Confesso que sou assim e acaba piorando pelo fato de eu ser super ansiosa. Parabéns pelo blog, estou seguindo e salvei esse texto maravilhoso ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também sou ansiosa, isso atrapalha muito!
      Fico muito feliz que tenha gostado daqui. Obrigada pelo carinho.

      Excluir
  13. Continuando aqui porque to apaixonada na sua escrita hahaha Sério, suas reflexões são sempre ótimas e com uma relevância tremenda! Faz a gente parar e pensar que não mudamos o dia de alguém sempre pro bem, muitas vezes esses maus tratos acabam piorando tudo e por pouca coisa...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. To adorando você por aqui haha <3
      O melhor de escrever é saber que seu trabalho faz diferença para alguém!
      E realmente, podemos fazer grandes coisas tanto para o bem, quanto para o mal. Cuidar dos detalhes é tudo.

      Beijão e volte sempre!

      Excluir

Curta a fanpage

Seguidores